estacaogeek.com
estacaogeek.com Janeiro 23, 2018


Venezuela expulsa brasileiro que estava detido no país

08 Janeiro 2018, 01:05 | Edna Do Rosario

Catarinense preso na Venezuela escreve desabafo nas redes sociais após ser deportado

'Tortura depende muito do ponto de vista', diz nos EUA brasileiro preso pelo chavismo

- Estou bem e em segurança, reservo meu direito de manter sigilo de onde estou ou para onde vou, espero que compreendam, tenho minha vida pessoal e particular. O catarinense morava nos Estados Unidos, mas viajava à Venezuela para essas iniciativas.

A expulsão de Diniz foi confirmada pelo ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes: "O incidente envolvendo o brasileiro Jonatan Moisés Diniz foi encerrado, com sua expulsão da Venezuela", escreveu o político em seu Twitter. A deportação de Diniz acontece dois dias depois que o governo de Michel Temer exigiu de Caracas informações sobre o brasileiro, afirmando que estava há dias tentando confirmar se ele estava detido desde 26 de dezembro, como havia anunciado na TV o número dois do chavismo, Diosdado Cabello.

No Facebook, onde fez uma campanha pela inocência do filho, Renata agradeceu neste sábado a todos que ajudaram sua libertação: "Aproveito este espaço para agradecer cada palavra, cada atitude e cada abraço de todos que não mediram esforços: Itamaraty, direitos humanos, embaixada, políticos, religiosos, família, amigos, pessoas influentes e outras que continuam firme em nossa campanha".

Paraense leva prêmio da virada
Ainda segundo a Caixa, o ganhador de Minas Gerais e sete cotas do bolão feito no Pará também resgataram o prêmio nesta segunda. Desde a noite de domingo, quando foram anunciadas as cidades que tiveram ganhadores, um burburinho toma conta da cidade.

Até a noite de ontem, a ONG ainda não havia sido informada da libertação de Jonatan. O órgão não disse, contudo, se havia recebido notícias do paradeiro do jovem. "De toda forma, muito feliz em saber que ele está fora da Venezuela", declarou.

A nota diz ainda que a área consular do Itamaraty está em contato com a família de Jonatan.

O regime venezuelano também o acusou informalmente de ser parte do grupo "Warriors of Angels" (Guerreiros dos anjos), e um dos supostos delitos cometidos por Jonatan teria sido a publicação em redes sociais de imagens de protestos contra o Governo de Nicolás Maduro, acrescenta O Globo. Depois que chegar a Miami, Jonatan irá para o Brasil, segundo informações de sua família. Até esta sexta o governo da Venezuela vinha se recusando a dar informações pelos canais oficiais sobre o brasileiro, contrariando a Convenção de Viena sobre Relações Consulares.

Primeiro PM morto no Rio em 2018
Testemunhas disseram que o carro em que o PM estava foi cercado por suspeitos e alvejado quando passava pelo bairro Mutuá. De acordo com informações da corporação, os dois policiais estavam de folga e foram mortos a tiros.

Jonatan é de Ijuí, no Rio Grande do Sul, e formado em design gráfico. A família de Jonatan nega as acusações e afirma que ele estava no país para fazer trabalho social com crianças e famílias pobres.

"Não existe ONG nenhuma, falaram dessa ONG só pra incriminar".

Temer desiste de deputado vetado por Sarney para o Ministério do Trabalho
Anunciado como substituto de Ronaldo Nogueira (PTB-RS) à frente da pasta, Fernandes deveria tomar posse nesta quinta-feira (4). Segundo o petebista, o presidente Michel Temer ligou avisando-o que a nomeação teria sido barrada pelo ex-presidente.



Other News

Trending Now

Bilheteira online da CP foi abaixo com as viagens a cinco euros
Incluídas na promoção estão também viagens entre Lisboa e Faro: 4,5 euros em Intercidades (segunda classe ). No site pode ler-se que " a Bilheteira Online está em manutenção ".

Trump avisa Coreia do Norte. "O meu botão nuclear é maior"
Por cima do ecrã de computador estão dois relógios analógicos, um com a hora sul-coreana e outro com a hora norte-coreana. No mesmo discurso, Kim reafirmou que dispõe de um arsenal nuclear e não descartou o seu uso caso seu país seja ameaçado.

Morre Carlos Heitor Cony, aos 91 anos; jornalista estava internado no RJ
Moreira Franco se manifestaO ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, também lamentou a morte de Cony. Foi eleito em 2000, o 5º ocupante da Cadeira nº 3 da ABL (Academia Brasileira de Letras).

Prefeito de Porto Alegre pede apoio do Exército para julgamento de Lula
Os eventos, programados em conjunto com a Frente Brasil Popular, começam no próximo dia 13, com mobilizações em várias capitais. A Presidência da República encaminhou o pedido do prefeito para análise técnica dos Ministérios da Defesa e da Justiça.

Rival brasileira da Uber, 99 é vendida por quase R$ 1 bilhão
Estamos confiantes de que fazer parte da Didi Chuxing aumentará enormemente a nossa capacidade de expandir nossos serviços. A empresa foi fundada em 2012 como 99Táxis, oferecendo, na época, apenas o serviço de táxi por aplicativo.

Superlua ilumina o céu no primeiro dia de 2018
No perigeu lunar, quando o planeta Terra está à menor distância possível da Lua, está a de cerca de 360 mil quilómetros. Nesse momento, uma distância de 356,5 mil quilômetros estarão separando a Lua da superfície terrestre.

CGU identifica quase 9 mil cadastros do Bolsa Família fraudados no PI
Em Piancó, no sertão da Paraíba, quase 54% dos cerca de 16 mil habitantes da cidade eram beneficiários do programa social. Até famílias com renda maior que R$ 1,9 mil por pessoa estavam entre os beneficiários do programa.

Mega da Virada: erro fez apostador de Parelheiros ganhar o triplo
VEJA apurou que ele disse ao gerente que irá dividir o prêmio com o grupo que planejou o bolão da Mega da Virada . Essa foi a primeira vez na história das loterias da Caixa que três bilhetes da Mega saem para a mesma lotérica.

Corea del Sur y Corea del Norte dialogarán la próxima semana
El portavoz agregó que no hubo ningún cambio en la postura de Seúl de que los esfuerzos dirigidos a la desnuclearización de Corea del Norte deberían continuar.

Caixa reabre linha de financiamento imobiliário mais barata
A procura pela linha é que determina quando o recurso deve se esgotar, portanto, não existe um prazo definido, segundo a Caixa. Em novembro, o G1 ouviu relatos de compradores que ficaram com medo de perder o imóvel após as mudanças de regras.