estacaogeek.com
estacaogeek.com Novembro 19, 2017


Madrid responde a ameaça da Catalunha

20 Outubro 2017, 12:58 | Sandra Leitao

Presidente catalão Carles Puigdemont chega para reunião no palácio do governo regional em Barcelona em meio de crise política- Manu Fernandez AP

Presidente catalão Carles Puigdemont chega para reunião no palácio do governo regional em Barcelona em meio de crise política- Manu Fernandez  AP

O Governo espanhol explicou em comunicado que, na reunião de sábado, irá tomar "as medidas que serão levadas ao senado [câmara alta] a fim de proteger os interesses gerais dos espanhóis, entre eles os dos cidadãos da Catalunha, e restaurar a ordem constitucional na Comunidade Autónoma".

Madri havia dado um prazo até esta quinta-feira (19) para que a Catalunha esclarecesse se havia proclamado sua independência e, se fosse o caso, revogasse a decisão.

Madrid se manifestou. "Consequentemente, o governo espanhol continuará com as etapas estabelecidas no Artigo 155 da Constituição para restaurar a legalidade do autogoverno na Catalunha", disse o governo espanhol nesta carta.

Ábalos avançou que, quando forem conhecidas as medidas, o PSOE determinará se o apoio socialista é "absoluto, relativo ou em que grau" e defendeu que a aplicação do artigo 155.º seja "muito, muito limitada".

Lawrence revela os momentos mais "humilhantes" que viveu na sua carreira
As declarações foram feitas em meio a um escândalo envolvendo acusações contra o produtor Harvey Weinstein. Um deles remonta a 2008, ano em que conseguiu o seu primeiro trabalho no filme 'Garden Party'.

O Governo espanhol vai assim avançar com as medidas concretas que pretende adotar na Catalunha, medidas que na próxima semana terão de ser votadas no senado (câmara baixa), onde o Partido Popular (direita) do primeiro-ministro tem a maioria.

Mas esse artigo, inspirado por uma legislação semelhante na Alemanha, nunca foi utilizado na Espanha. Segundo uma autoridade em Madri, o governo espanhol fará uma reunião de emergência no sábado (21) para discutir o assunto.

A ameaça de Puigdemont veio numa carta enviada a Rajoy minutos antes de vencer um ultimato de Madri para a Catalunha desistir de sua tentativa de se tornar independente, às 10h pelo horário local (6h de Brasília).

Rajoy queria um "sim" ou "não" e Puigdemont voltou a oferecer diálogo, mas desta vez avisando que a responsabilidade da aplicação do artigo que suspende a autonomia da Catalunha é de Rajoy.

Sport e Atlético-MG só empatam na Ilha do Retiro
Pelo lado do Galo, o técnico Oswaldo de Oliveira não terá Luan e Leonardo Silva que continuam fora tratando de lesões. O Leão ainda tentou responder com Oswaldo, mas Gabriel desviou a bola, garantindo apenas um escanteio aos mineiros.

Tudo se prepara para que se entre naquilo a que o porta-voz do Partido Democrata Europeu Catalão (PDeCAT), a formação política de Puigdemont, classificou de cenário "mau" para Espanha e "muito difícil" para a Catalunha. Além disso, tensão nas ruas deve aumentar, com manifestações previstas nos próximos dias.

O referendo separatista obteve 90,09% dos votos favoráveis à independência da região e 7,87% contrários -o restante dos eleitores votou em branco ou nulo.

Em vez disso, Puigdemont chamou mais uma vez para as negociações dizendo que o parlamento da região poderia votar uma declaração de independência, depois do referendo frustrado que apoiava a mudança.

Agora é o tempo de decidir e de executar
Não podemos iludir os portugueses sobre a imediata produção de resultados, mas não receamos o desafio. O Governo tem "consciência que o país nos exige resultados em contra-relógio".



Other News

Trending Now

PJ militar recuperou "praticamente todo o material" roubado em Tancos
Recorde-se que o material de guerra foi 'dado como desaparecido' dos armazéns militares de Tancos a 28 de junho. A Polícia Judiciária intercetou na Chamusca armamento que tinha sido roubado da base militar de Tancos.

ATUALIZADA - Após incêndios, governo enfrentará voto de desconfiança em Portugal
António Costa governa com uma inédita coalizão de partidos de esquerda, que tradicionalmente não dialogavam entre si. Os socialistas apresentaram uma moção durante a legislatura, bem como o Bloco de Esquerda e o PEV.

Marcelo recebe António Costa esta tarde
Apontou baterias claras ao Governo que "só não entenda isto, não entendeu nada do essencial do que se passou" disse o Presidente da República.

Câmara garante que divulgação da delação de Funaro seguiu as "regras legais"
Ele deveria saber que todos os documentos encaminhados pelo STF estavam à disposição dele, dos advogados, dos ministros. Em nota divulgada neste domingo, Carnelós disse que desconhecia que os vídeos estavam divulgados no site da Câmara .

PSG 'arruma' Anderlecht sem dificuldades, Bayern vence Celtic
Com o tento, o jovem de apenas 18 anos se tornou o adolescente a marcar mais gols na história da Liga dos Campeões (oito). Aos 44 minutos da primeira etapa, os trio estrelado do time francês participou da jogada que resultou no segundo gol.

Lone Star já é dona do Novo Banco
A Lone Star vai manter a atual equipa executiva liderada por António Ramalho por mais um mandato, a terminar em 2020. Compromete-se também a tomar firme as emissões de dívida e a comprar o remanescente que não for colocada no mercado.

PF realiza operação contra irmão de Geddel
Apesar disso, ainda não há confirmação se a ação da PF na Câmara e a investigação do " bunker " estão relacionadas. Além disso, foi encontrado um recibo no nome de Marinalva de Jesus, que é funcionária de Lúcio, no " bunker ".

Serviços à família puxam queda de 1% do setor em agosto
O volume de vendas do varejo recuou 0,5%, ante o mês anterior, após estabilidade em julho e alta nos três meses anteriores. Frente a agosto de 2016, Mato Grosso (15,8%), Paraná (5,5%) e São Paulo (0,8%) foram os destaques positivos.

Chapecoense anuncia contratação de Gilson Kleina, ex-Ponte Preta
Juntamente com Gilson, se juntarão à comissão técnica os auxiliares Juninho e Fabiano Xhá. O novo treinador da equipe catarinense terá como missão evitar o rebaixamento à Série B.

Três acidentes foram registrados nas estradas do Amapá durante o feriadão
A operação 12 de outubro teve início 0 hora de terça-feira (10) e se estendeu até a 0 hora de domingo (15). A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou às 23h59 deste domingo (15), a Operação 12 de Outubro .